Quinta-feira, 30 de Agosto de 2007

HOJE...

.

.

.

.

.

 

Sei que vai passar....tem que passar....

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

Sinto-me: Nem sei mais...é tanto!
Em meus ouvidos toca: Inventame - Marco A. Solis
Tags: ,
Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

COMO ESCREVER UM PONTO FINAL E FECHAR UM LIVRO DE HISTÓRIAS...

Data de Envio: 27/08/07

Assunto: Jogo a toalha branca...

 

 

Oi!  

Jogo a toalha branca ao chão e desisto dessa luta. To abandonando essa batalha...


Se você prefere a companhia de pessoas que te apunhalam pelas costas, de quem tem por habito plantar a semente da discórdia, ou então puxam seu tapete na maior, ou aquelas que o colocam em enrascadas ou mesmo aquelas que usam de golpe baixo para te prender, não posso fazer mais nada, tentei, mas a decisão é sua. E eu não preencho nenhum desses requisitos e nem viria, por um dia que seja, a preencher um deles para que você aceitasse, enfim, ter a minha companhia. Talvez isso explica aquela frase que você tanto repete: “somos muito diferentes...”

 

Eu nunca prometi flores o ano inteiro para você, mas poderia garantir que belos dias você teria, e você sabe que os teria, pois você já os teve. Pelo menos estaria contigo para o der e vier... Como estive, sempre!

 

Tem uma frase, até mandei para você, que diz que “o amor é um final feliz”, acho que o meu por você não terá um, infelizmente...

 

Pela primeira vez nesse tempo que o conheço sinto que alguma coisa dentro de mim está quebrando, talvez morrendo, não sei. Embora você tenha agido dessa mesma maneira tantas outras vezes, essa é a primeira vez que sinto isso. Não sei explicar, mas acho que estou fazendo, assim como você fez, a minha escolha entre esperar por algo que nem sei se terei um dia e ser feliz. É, eu acho que mereço ser feliz, por tudo que eu fiz por você, por tudo que eu sei que sou e por tudo que eu sei que ainda posso ser e fazer...

 

Eu nunca esperei receber rosas de você, mas também não mereço receber espinhos... Não, realmente eu não mereço, pois eu tenho consciência de tudo que fui para você, e sei que ninguém fará por você o que fiz, ninguém sentirá por você o amor que eu sinto, um amor que não apunhala, amor que não maltrata, não puxa tapete, um amor que nunca usou de nenhum golpe baixo para prendê-lo aqui, mesmo querendo tanto que você ficasse...um amor puro, limpo e forte, que resistiu a muitas coisas... Mas você nunca viu esse amor dessa forma, apenas viu de uma forma que poderia prendê-lo. Ah se você soubesse e se permitisse sentir um amor de verdade, veria o quanto é bom sentir-se amado e amando... Mas você também fez a sua escolha...

 

É isso, to abandonando o barco, pois não quero vê-lo afundar mais uma vez e ter que me ver nadando na tentativa de encontrar a tão sonhada praia para, lamentavelmente, morrer afogada nela. Estou abandonando um sentimento tão lindo que dediquei a você por todo esse tempo. Estou desistindo de um sonho, de planos, desejos, vontades, momentos, de lembranças... estou desistindo de você.

 

Agora eu sei o que pedir para Deus, e já comecei. Pedirei a Deus para te ajudar a encontrar luz e paz em seu caminho, pedirei a Ele para que um dia você consiga entender o que é esse sentimento. E pedirei a Ele para me dar forças para suportar essa batalha que será esquecer esse amor (você), pedirei forças para seguir em frente.

 

Sinto muito por tudo isso. Juro a você que não era isso que eu sonhava. Aliás, os meus sonhos com você eram lindos e puros. Sinto muito por você nunca ter feito nada por nós... Sinto por você sempre pensar em você, apenas... ou talvez não, pois se pensasse, se daria uma chance... Enfim, sinto muito mais, pois além de você perder alguém que te ama, está perdendo também uma amiga...

.

.

Beijos sempre com carinho,

Fique com Deus, sempre!

.

.

,

O ponto final foi colocado. O livro está fechado, mas ainda está em minhas mãos. E minha ânsia maior é abri-lo e tentar escrever outro final ou talvez apagar alguma parte escrita anteriormente. Sei lá...

A dúvida está em, se coloco este livro no fundo baú ou o jogo fora....Ainda está em minhas mãos...

.

Bora lá, seguir em frente em busca de outro livro... talvez!

.

.

Sinto-me: Triste, com dores na alma
Em meus ouvidos toca: Tem alguma música martelando aqui dentro...
Domingo, 26 de Agosto de 2007

TUDO PASSA...


.

Todas as coisas na Terra passam...

Os dias de dificuldades passarão...

Passarão também os dias de amargura e solidão...

As dores e as lágrimas passarão.

As frustrações que nos fazem chorar...


...um dia  passarão.


A dor da perda do ser querido, passará.
Ficará a saudade...   Dias  de  tristeza...
Dias  de  felicidade...


São lições  necessárias que, na Terra, passam deixando no espírito imortal as experiências  acumuladas. Se hoje, para nós, é um desses dias repletos de dor, paremos um instante. Elevemos o pensamento ao Alto e busquemos a voz suave e amorosa do Pai a nos dizer carinhosamente: Isso também passará...

E  guardemos  a  certeza pelas próprias dificuldades já superadas, que não há mal nem dor que dure para sempre.

..

,.

Bora lá!

.

Sinto-me: Querendo que passe...
Em meus ouvidos toca: Afraid - Nelly Furtado
Sábado, 25 de Agosto de 2007

UMA VEZ MAIS...

.

Me Dê Motivo

É engraçado, ás vezes a gente sente fica pensando
Que está sendo amado, que está amando e que
Encontrou tudo o que a vida poderia oferecer
E em cima disso a gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos e cria um mundo de encanto, onde tudo é belo
Até que a mulher que a gente ama, vacila e põe tudo a perder
E põe tudo a perder...

Mê de motivo, para ir embora
Estou vendo a hora de te perder
Mê de motivo, vai ser agora
Estou indo embora, o que fazer
Estou indo embora, não faz sentido
Ficar contigo, melhor assim.
E é nessa hora que o homem chora,
A dor é forte demais pra mim

Já que você quis assim, tudo bem
Cada um pra o seu lado, a vida é assim mesmo
Eu vou procurar e sei que vou encontrar
Alguém melhor que você, espero que seja feliz
No seu novo caminho, ficar contigo
Não faz sentido, melhor assim

Mê de motivo, foi jogo sujo
E agora eu fujo pra não sofrer
Fui teu amigo, te dei o mundo
Você foi fundo quis me perder
Agora é tarde não tem mais jeito
O teu defeito não tem perdão
Eu vou à luta, que a vida é curta
Não vale a pena sofrer em vão

Pode crer você pôs tudo a perder
Não podia me fazer o que fez
E por mais que você tente negar, me dê motivo
Podes crer eu vou sair por aí
E mostrar que posso ser bem feliz
Encontrar alguém que saiba me dar
Me dar motivo

. 

(Músíca do saudoso Tim Maia)

.

Agora tento me apegar nos "motivos" ...

.

Bora lá!

.
.

Sinto-me: Buscando força!
Em meus ouvidos toca: Me dê motivos - Tim Maia
Rabiscado por Bridget Bran às 03:27
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 23 de Agosto de 2007

MAIS UM CAPÍTULO DESSE FILMINHO SEM VERGONHA...(rsrs)

.

Ai, hoje eu não suportei a pressão que me vai no peito. Não suportei as lembranças da noite seguinte. É sempre assim, no dia seguinte o que restam são lembranças da noite passada...

.

As lágrimas que teimam em escorrer por minha face todas as noites. As insistentes orações a Deus pela “quebra” desse bendito silêncio (eu ia escrever a palavra maldito, mas é melhor não escrever isso, pode ser pior!) entre nós que, de uns bons tempo para cá, se faz tão presente... As lembranças das coisas ruins que acabo sempre pensando. E, também, as lembranças das coisas boas....

 .

Tudo isso é o que sobra para o dia seguinte! Que tortura, meu Deus. Só pode ser karma, não é possível.... Meu cupido me deve explicações urgentes, pois a cagada que ele cometeu é inaceitável. Vai ser burro assim longe de mim, que coisa! Ôh Cupidinho cego e sem mira, viu! 

. 

Enfim, hoje o “notei” conectado na net e então esperei... esperei... esperei.... e nada de responder uns dos “35688785” e-mails que já lhe mandei.

. 

Contei até 4585455520000 (vulgo 10!), rezei antes para pedir ajuda Celestial, peguei o celular da minha mãe, sim, porque o meu sem chance e sem crédito também e liguei. Aaaaaaaahhh liguei mesmo! Sei lá se era para ouvir a voz do camarada, se era para ouvir alguma explicação absurda e provavelmente obsoleta também, ou então, mais uma mentirinha na tentativa (vã) de pegar a trouxa aqui, ou até mesmo para eu mesma quebrar o tal do silêncio, ou matar a saudade que grita tão alto dentro de mim nesse momento e naquele, e naquele, e naquele outro momento também...

 .

Entre um blá-blá-blá e outro falei algumas poucas verdades, e a ligação foi finalizada com um “amanhã eu te ligo”... Essa frase fazia um bom tempo que eu não escutava, afinal, a frase do momento é “logo, logo te escrevo algo decente”. Uuuuuuuiii, odeio essas frases!! 

. 

Desliguei o telefone tremendo feito um bambu verde e alto, entretanto aliviada. Só espero não me ferrar ainda mais com essa “tentativa”.... Popularmente falando, espero não ter colocado mais m... na frente do ventilador! É bem isso mesmo....

.

. 

PS: Agora que parei de escrever é que fui prestar atenção na música que está, insistentemente, tocando no rádio agora... é linda, me custou "eras" para descobrir quem cantava e olha ela tocando (descontroladamente) bem nessa hora que muito tem a ver....

 

 

Acontece! Esquece!

Yasmin

 

Será que alguém
Pode me explicar
Toda vez que eu ligo
Você não está
Porque é tão difícil te ver?...

Se eu te fiz algo errado
Você tem que me falar
Nós somos dois adultos
Então vamos conversar...
Não vou deixar de lado
Enterrar no passado
Nosso amor
E fingir que esqueci...

Se o vaso está quebrado
Ainda pode ser colado
Mas tá faltando um pedaço aqui
E sem ele
Falta um pedaço
em mim...

Se
perdeu o meu telefone
Acontece! Esquece!
Escrevo e dou outra vez...

Se perdeu o meu endereço
Acontece! Esquece!
Faço um mapa, talvez...

Mas se perdeu o amor por mim
Também acontece
Esquece!
Não vou mais te ligar...

Se perdi você
Acontece! Esquece!
Nunca mais vou amar...

 .

 .

 .

 

 

Sinto-me: O "Ó" do Borogodó!!!
Em meus ouvidos toca: Acontece! Esquece! - Yasmin
Rabiscado por Bridget Bran às 21:16
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos

.Eu, eu mesma e sem Irene!

.Ainda no Forno:

. E FALE BEM ALTO....

. RELATÓRIO.

. NOTÍCIAS

. MISTO DE EMOÇÕES...

. NÃO DESISTA DO AMOR....

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


.Lembranças

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.Tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.subscrever feeds