Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

MAIS UM DIA, MEU PAI...

Pai

Pai, pode ser que daqui a algum tempo
Haja tempo pra gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos, pai e filho talvez
Pai, pode ser que daí você sinta, qualquer coisa entre esses vinte ou trinta
Longos anos em busca de paz...
Pai, pode crer, eu tô bem eu vou indo, tô tentando vivendo e pedindo
Com loucura pra você renascer...
Pai, eu não faço questão de ser tudo, só não quero e não vou ficar mudo
Pra falar de amor pra você
Pai, senta aqui que o jantar tá na mesa, fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensine esse jogo da vida, onde a vida só paga pra ver
Pai, me perdoa essa insegurança, é que eu não sou mais aquela criança
Que um dia morrendo de medo, nos teus braços você fez segredo
Nos teus passos você foi mais eu
Pai, eu cresci e não houve outro jeito, quero só recostar no teu peito
Pra pedir pra você ir lá em casa e brincar de vovô com meu filho
No tapete da sala de estar
Pai, você foi meu herói meu bandido, hoje é mais muito mais que um amigo
Nem você nem ninguém tá sozinho, você faz parte desse caminho, que hoje eu sigo em paz...

(Fábio Jr.)

Não gosto muito de ouvir nem ao menos ler essa música, pois me traz à mente recordações diversas, tanto boas como ruins também. Mas, é inegável a profundidade dessa letra, do sentimento que está contido nela.

Bom, essa é uma homenagem que faço ao meu Pai que hoje, dia 07/10 faria mais um aniversário. (Acho que dentro de mim “faz”)

Nos últimos meses tenho sentido muito sua presença. É uma coisa muito forte e difícil de explicar. Só sei dizer que é muita boa essa sensação!

Sua presença tem trazido-me paz nos momentos difíceis, luz quando só tenho estado na escuridão. Tenho rezado muito, conversado muito e pedido ajuda nos meus momentos difíceis e é exatamente nessas horas que o sinto próximo. Talvez um sinal de que esteja me ouvindo...

É uma pena não ter tido tempo para vivê-lo. Não ter tido tempo para senti-lo, para ter mudado... Mas sei que ele, o tempo todo, me viu. Toda minha caminhada nessa vida ele presenciou...

Ele está aqui... comigo....

 

Parabéns meu pai!

.

.



Sinto-me: Com saudades do meu pai
Em meus ouvidos toca: Parabéns a você... Parabéns!
Rabiscado por Bridget Bran às 00:58
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos

.Eu, eu mesma e sem Irene!

.Ainda no Forno:

. E FALE BEM ALTO....

. RELATÓRIO.

. NOTÍCIAS

. MISTO DE EMOÇÕES...

. NÃO DESISTA DO AMOR....

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


.Minha Hora

.Lembranças

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.Tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Quantos passaram pelo meu cantinho...

Free Web Site Counter
Free Counter

.subscrever feeds