Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008

DIÁRIO...

.Recebi um e-mail com o texto abaixo no dia que eu escrevi o post anterior... parece brincadeira... Seria trágico se não fosse extremamente cômico o texto abaixo...

 .

 

Querido diário,

Hoje começo a fazer dieta. Preciso perder 8 Kg. O médico aconselhou a fazer um diário, onde devo colocar minha alimentação e falar sobre o meu estado de espírito. Sinto-me de volta a adolescência, mas estou muito empolgada com tudo. Por mais que dieta seja dolorosa, quando conseguir entrar naquele vestidinho preto maravilhoso, vai ser tudo de bom.


- Primeiro dia de dieta.
Um queijo branco. Um copo de diet shake. Meu humor está maravilhoso. Me sinto mais leve. Uma leve dor de cabeça talvez.
- Segundo dia de dieta.
Uma saladinha básica. Algumas torradas e um copo de iogurte. Ainda me sinto maravilhosa. A cabeça dói um pouquinho mais forte, mas nada que uma aspirina não resolva.
- Terceiro dia de dieta.
Acordei no meio da madrugada com um barulho esquisito. Achei que fosse ladrão. Mas depois de um tempo percebi que era o meu próprio estômago roncando de dar medo. Tomei um litro de chá. Fiquei mijando o resto da noite.
Anotação: Nunca mais tomo chá de camomila.
- Quarto dia de dieta.
Estou começando a odiar salada. Me sinto uma vaca mascando capim. Estou meio irritada. Mas acho que é o tempo. Minha cabeça parece um tambor. Janaína comeu uma torta alemã hoje no almoço. Mas eu resisti.
Anotação: Odeio a Janaína.
- Quinto dia de dieta.
Juro por Deus que se ver mais um pedaço de queijo branco na minha frente, eu vomito! No almoço, a salada parecia rir da minha cara. Gritei com o boy hoje! E com a Janaína. Preciso me acalmar e voltar a me concentrar. Comprei uma revista com a Gisele B. na capa. Minha meta, não posso perder o foco.
- Sexto dia de dieta.
Estou um caco. Não dormi nada essa noite. E o pouco que consegui sonhei com um pudim de leite. Acho que mataria hoje por um brigadeiro.
- Sétimo dia de dieta.
Fui ao médico. Emagreci 250 gramas. Tá de sacanagem! A semana toda comendo mato. Só faltando mugir e perdi 250 gramas! Ele explicou que isso é normal. Mulher demora mais para emagrecer, ainda mais na minha idade. O imbecil me chamou de gorda e velha!
Anotação: Procurar outro médico.
- Oitavo dia de dieta.
Fui acordada hoje por um frango assado. Juro! Ele estava na beirada da cama, dançando can-can.
Anotação: O pessoal do escritório ficou me olhando esquisito hoje,Janaína diz que é porque estou parecendo o Jack do "Iluminado".
- Nono dia de dieta.
Não fui trabalhar hoje. O frango assado voltou a me acordar, dançando dança-do-ventre dessa vez. Passei o dia no sofá vendo TV. Acho que existe um complô. Todos os canais passavam receita culinária. Ensinaram a fazer torta de morangos, salpicão e sanduíche de rocambole.
Anotação: Comprar outro controle remoto, num acesso de fúria joguei o meu pela janela.
- Décimo dia de dieta.
Eu odeio Gisele B...

- Décimo primeiro dia de dieta.
Chutei o cachorro da vizinha. Gritei com o porteiro. O boy não entra mais na minha sala e as secretárias encostam na parede quando eu passo.
- Décimo segundo dia de dieta.
Sopa.
Anotação: Nunca mais jogo pôquer com o frango assado. Ele rouba.
- Décimo terceiro dia de dieta.
A balança não se moveu. Ela não se moveu! Não perdi um mísero grama!
Comecei a gargalhar. Assustado, o médico sugeriu um psicólogo. Acho que chegou a falar em psiquiatria.
Será que é porque eu o ameacei com um bisturi?
Anotação: Não volto mais ao médico, o frango acha que ele é um charlatão.
- Décimo quarto dia de dieta.
O frango me apresentou uns amigos. A picanha é super gente boa, e a torta embora meio enfezada, é um doce.
- Décimo quinto dia de dieta.
Matei a Gisele B! Cortei ela em pedacinhos e todas as fotos de modelos magérrimas que tinha em casa.
Anotação: O frango e seus amigos estão chateados comigo. Comi um pedaço do Sr. Pão.Mas foi em legítima defesa.Ele me ameaçou com um pedaço de salame.
- Décimo sexto dia.
Não estou mais de dieta. Aborrecida com o frango, comi ele junto com o pão.  E arrematei com a torta. Ela realmente era um doce.
 .

Sinto-me: Subindo degraus
Em meus ouvidos toca: Off!
Tags: ,
Rabiscado por Bridget Bran às 23:45
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

DESABAFO DAS FLORES

.
.
Uma semana e meia privando-me de coisas que eu gosto. Uma semana e meia tomando remédios que, mesmo a contra gosto do "mundo" familiar inteiro, estou lá... tomando-os. Esperei que fosse ter algum efeito colateral, como não senti nada, agora fico com a idéia de que o raio do remédio não serve nem pra remédio e muito menos para ter a fatídica missão de acalmar-me e ajudar-me com minha louca e desvairada ansiedade.
 
Não, definitivamente ele não está ajudando-me! Estou começando a perceber isso. Estou numa angustia desenfreada, com uma vontade alucinada de comer um mega, um enorme, um master chocolate; de esbaldar-me dentro de um Mc Donald's.... só não fiz isso ainda por que o MEU conflito interno é maior que o efeito do remédio.
 
Escrevendo esse desabafo, acaba de ocorrer o pensamento de que pareço uma drogada há uma semana e meia trancada na clausura de uma clínica de tratamento para se livrar da dependência... O que difere é que meu vício são os doces e a única coisa que eu quero perder são alguns quilos....poucos, em vista de tantos outros que precisam perder mais....
 

 

.
.
 

A primeira semana eu me sai bem, mas esta, estou sofrendo... muito!
Sinto-me: O Óh do Borogodó
Em meus ouvidos toca: Off!
Tags:
Rabiscado por Bridget Bran às 23:08
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

...

.

.

.

O pássaro voando, a rosa ao vento, 
o sol surgindo na manhã, as estrelas na noite, 
um homem se apaixonando por uma mulher, uma criança brincando na rua... 
Não existe propósito algum. 
É simplesmente a v
ida desfrutando de si mesma, deleitando-se nela mesma.
 
(Osho)

.

.

.

 

Sinto-me: Pensativa...
Tags:
Rabiscado por Bridget Bran às 00:44
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

REFLETIR...

.

.

“....O amor é um domingo.
Cansado - cansado das falsidades, cansado das máscaras, cansado de mostrar faces feias e não verdadeiras às pessoas, e continuamente reprimindo seu ser - a pessoa quer alguém com quem possa ser ela mesma totalmente - relaxada, à vontade, tranqüila.

Assim, se você ama uma pessoa, desde o início, nunca seja não verdadeiro. Se o amor desaparecer, é melhor que o relacionamento seja quebrado. Ele tem que ser quebrado - porque não há qualquer sentido em tal relacionamento. Se a sua verdade for aceita, se você for aceito, somente então este é um amor que vale a pena. Então você cresce através dele.

... Em um simples momento, a pessoa pode mudar completamente. Ela estava muito alegre e pode se tornar muito triste. Exatamente um momento antes ela estava pronta para morrer e no momento seguinte ela está pronta para matá-lo. Mas a humanidade é assim. Isso traz uma profundidade, traz surpresas e um tempero... Caso contrário, a vida seria muito entediante.

Tudo isso é belo. Tudo isso são notas de uma grande harmonia. E quando você ama uma pessoa, você ama essa harmonia e aceita tudo que compõe essa harmonia. Algumas vezes está chovendo, outras vezes o céu está escuro e cheio de nuvens, e outras vezes as nuvens desaparecem e ele fica repleto da luz solar. Algumas vezes é muito frio e outras vezes é muito quente. E exatamente desse mesmo jeito, o clima humano vai mudando, todas as coisas vão mudando. Quando você ama uma pessoa, você ama todas essas possibilidades. Infinitas são as possibilidades e você ama todos os matizes e tons.

Assim, seja verdadeiro e ajude-a a ser verdadeira. Então o amor se torna um crescimento. Caso contrário. O amor pode se tornar uma coisa muito venenosa. Pelo menos, não corrompa o amor. E lembre-se, ele não é corrompido pelo ódio. Ele é corrompido pela falsidade. Ele não é corrompido pela raiva, nunca. Mas ele é destruído por uma pessoa não autêntica, por uma falsa face.

O amor somente é possível quando existe a liberdade de você ser você mesmo, sem qualquer vigilância, sem qualquer restrição. Você simplesmente está fluindo. O que você pode fazer? Quando você está rancoroso, você está rancoroso. Quando as nuvens estão no céu e o sol está brilhando, o que você pode fazer? E se a outra pessoa compreende e ama você, ela aceitará, ela o ajudará a sair das nuvens - porque ela sabe que isto é apenas um clima que vai e vem - estes são apenas humores, são fases passageiras, e por trás dessas fases passageiras está a realidade, o espírito da pessoa, a alma.

Quando você aceita todas essas fases, logo os vislumbres da alma verdadeira começam a acontecer para você. Continue meditando e faça de seu amor uma meditação também”.

OSHO - A Rose is a Rose is a Rose

 

Sinto-me: Bem, embora muito pensativa
Em meus ouvidos toca: Yani, para acalmar....
Tags:
Rabiscado por Bridget Bran às 00:06
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

...

.

.

 

 

.

“Tem dias que eu não quero dizer nada!

Quero apenas o direito de ficar calado sem ter que explicar o porquê de estar assim.”

.

Sinto-me: Estranha...
Tags: ,
Rabiscado por Bridget Bran às 01:15
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos

.Eu, eu mesma e sem Irene!

.Ainda no Forno:

. E FALE BEM ALTO....

. RELATÓRIO.

. NOTÍCIAS

. MISTO DE EMOÇÕES...

. NÃO DESISTA DO AMOR....

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


.Minha Hora

.Lembranças

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.Tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Quantos passaram pelo meu cantinho...

Free Web Site Counter
Free Counter

.subscrever feeds