Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

POR ESSE AMOR...

.

Ontem, em mais uma das minhas noites insones fiquei ouvindo música. Geralmente fico até altas horas da madruga com o radinho ligado.

Enfim, essa música tocou. É um sertanejo antigo, como sempre, daqueles que eu gosto. Fiquei um bom tempo refletindo sobre essa música. Sobre eu. Sobre ele. Sobre nós. E o meu amor....

Pena que não encontrei um vídeo para colocar aqui... mas vale a letra!

.

.

 

Por Esse Amor

 

Parece que eu ando largado da vida,
Parece que eu ando distante de tudo,
Não saio de casa nos fins de semana,
Depois de você outro amor não foi tão fundo.


Parece que eu bebo, mas não faz efeito,
Parece que eu grito, mas ninguém escuta,
Alguém arrancou esse amor do meu peito,
E eu vivo tentando não perder a luta!


Por esse amor,
Eu perdi o juízo, quebrei a cabeça
Por esse amor,
Que me deu de presente os melhores momentos,
Por este amor,
Eu passei tempestades,
De chuvas e ventos,
Por este amor,
Um pedaço de mim já não mora em meu peito!


(Chitãozinho e Xororó)

 .

.

Sinto-me: Lembrando de coisas...
Em meus ouvidos toca: Por esse amor...
Tags:
Rabiscado por Bridget Bran às 17:34
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos

Música minha....

.

.

.

Música: Céu de Santo Amaro

Artista: Flavio Venturini e Caetano Veloso

 

Flavio Venturini tem uma voz encantadora e deixou essa música mágica...

 

Sinto-me: Cantando...
Em meus ouvidos toca: Céu de Santo Amaro - Flavio Venturini
Tags:
Rabiscado por Bridget Bran às 17:27
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

...

.

Um vez um amigo meu me disse bem assim: " As palavras que mais machucam a gente saem da boca das pessoas que mais amamos."

Sim, é verdade! É duro concordar, mas é a mais pura realidade...

Dói! Muito...

É difícil ouvir certas palavras de pessoas que estão bem ao nosso lado. Pessoas que sabemos que algo nosso corre em suas veias bem como algo delas corre em nossas....

Calei-me ontem. Calei-me hoje. Mas está dificil esquecer...

.

.

Sinto-me: o Ó do Borogodó...
Em meus ouvidos toca: Estou ouvindo algo religioso para tentar apagar...
Tags: ,
Rabiscado por Bridget Bran às 17:30
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

...

.

“Sei que pode parecer idiotice, mas não devemos cometer o mesmo erro duas vezes...

E eu posso gritar pra todo mundo ouvir...

Eu cometi o mesmo erro duas vezes!

Confiar em quem eu não devia, me apaixonar por quem eu não devia, buscar esperanças em pessoas erradas e sempre pensar: "O que eles tem que eu não tenho?!" Isso é um erro também!


Talvez eles tenham sorte, que eu acho que é mais provável.

Eu nasci sem sorte e ao mesmo tempo com a maior sorte do mundo, sou saudável, tenho família, amigos...

E eu acho que o ódio é uma coisa natural. E se hoje eu sinto isso, é por culpa “deles”.

Cada um escolhe um caminho e sabe muito bem o que os espera no fim dele.
De um tempo para cá a visão de amizade mudou muito pra mim, não sei se tenho amigos, trato todos com desconfiança.
Procuro ouvir mais do que falar...
Eu não me condeno pelo passado, afinal eu gostei de fazer o que eu fiz, eu me sentia melhor, mesmo sabendo que era errado, ou melhor, não era errado, a visão de certo e errado depende do ponto de vista e de quem observa...

E para mim era certo!

Eu vivo o passado de certo modo...

Daí eu penso comigo, como fazer para não cometer o mesmo erro pela 3ª vez? Não confiando mais em ninguém? Mas desse jeito eu não vivo, certo?
Não consigo ficar nem uma hora sem me relacionar com as pessoas, sem contar a minha vida inteira...
E inutilmente me queixar dos meus problemas pequenos. O que é um erro, se compararmos os problemas de algumas outras pessoas...

Eu sou feliz do jeito que eu sou...

... Baixinho, gordinho, não sou bom em esporte algum, grosso, anti-social, antipático, autoritário, tímido e como diriam, “manipulador”...

Não me sinto na obrigação de ouvir o que as pessoas falam, mas gostaria que sempre elas pudessem me ouvir.

To nem ai para o que pensam de mim...

De vez em quando acordo querendo que vá todo mundo para o inferno.
Já desejei morrer algumas vezes, mais isso é idiotice, a vida é a melhor coisa do mundo

Não concordo com o que as pessoas fazem com os outros.
Não vejo como as pessoas podem tratar mal as outras sem pensar no que elas sonham e acordam pensando, assim como todos nós.

Minha vida não é idiota, monótona, parada... eu apenas resolvi viver assim
Meus sonhos nunca são pequenos ou grandes demais, apenas são do tamanho que eu quero que eles sejam.
Tenho as minhas paixões, morreria por alguns. Não tenho medo da morte.

Não acredito em tudo o que me impõe...
Não acredito em religiões, apenas em Deus, e mesmo sem querer, duvido dele de vez em quando [mais uma burrice minha]
Acabo sempre querendo ajudar os outros e esqueço de mim mesmo, de certa forma, burrice também.

As pessoas de certo modo sempre fazem o que elas querem de mim e acabo sendo chamado de manipulador, isso não é engraçado?

Sempre tenho pessoas ferindo minhas memórias...
E roubando o que é meu!

Odeio pessoas que não vivem a idade que tem...

Sempre pensam no futuro e não vivem o presente

Odeio suicidas, homens que batem em mulheres, minipuladores, estrategistas, terroristas, assassinos.

Queria ser tudo o que sonham e sonhavam que eu fosse...

Não acho legal pais que destroem os sonhos dos filhos, pais que batem em filhos, pais que escravizam os filhos, pais que confundem respeito com adestramento...[Eu não vivo isso, ainda bem!]

Devemos viver o que somos!!!

Eu casaria com muita gente, eu passaria o resto da minha vida com muita gente, e eu também jogaria muita gente de uma janela do 20º andar...

Eu queria poder fazer um mundo melhor, mudar muita coisa, muitas pessoas

E por um minuto perceber que alguém se importa com o que eu falo.

Eu gosto de fazer planos
de apaixonar...

Eu gosto do diferente...”

.

.

Sinto-me: Maquinando...
Em meus ouvidos toca: Tive Razão - Seu Jorge
Tags:
Rabiscado por Bridget Bran às 17:17
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

EU AINDA VIVO A ME PERGUNTAR...

"Como é que se esquece alguém que se ama?

.

.

Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? As pessoas têm de morrer, os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar. Sim, mas como se faz? Como se esquece?
Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e ações de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar."

.

.

Recebi esse texto por e-mail e pensei, "Putz, alguém também sofre do mesmo drama que eu!" Ninguém merece....

.

.

Bora lá!!

.

.

.

.

Sinto-me: A perguntar...ainda!
Em meus ouvidos toca: Out of reach - Gabrielle
Tags: ,
Rabiscado por Bridget Bran às 18:38
Link do Post | Teçam seus comentários | Adicionar aos favoritos

.Eu, eu mesma e sem Irene!

.Ainda no Forno:

. E FALE BEM ALTO....

. RELATÓRIO.

. NOTÍCIAS

. MISTO DE EMOÇÕES...

. NÃO DESISTA DO AMOR....

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


.Minha Hora

.Lembranças

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.Tags

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.Quantos passaram pelo meu cantinho...

Free Web Site Counter
Free Counter

.subscrever feeds